Sermig

Regra do Sim


Uma família que acolhe

As nossas Fraternidades em qualquer parte do mundo
são abertas à acolhida
das pessoas necessitadas.
Nem todas as Fraternidades têm as mesmas prioridade,
mas todas têm uma predileção
pelas crianças,
especialmente por aquelas que ninguém ama,
aquelas a quem não querem deixar nascer,
e pelos jovens
a quem nos inclinamos
sempre com amor.
Todas as nossas Fraternidades estão disponíveis
para ajudar mulheres e homens
que queiram sinceramente sair
de qualquer situação de degradação,
desde que aceitem uma família,
um método, uma disciplina.
Todas estão prontas a acolher
cada homem ou mulher
que fuja do próprio país,
por motivos políticos, religiosos ou de consciência.

“Então o rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai, recebei por herança o Reino preparado para vós desde a fundação do mundo. Pois tive fome e me destes de comer. Tive sede e me destes de beber. Era forasteiro e me acolhestes. Estive nu e me vestistes, doente e me visitastes, preso e viestes ver-me’. Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te alimentamos, com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos forasteiro e te recolhemos ou nu e te vestimos? Quando foi que te vimos doente ou preso e fomos te ver?’. Ao que lhes responderá o rei: ‘Em verdade vos digo: cada vez que o fizestes a um desses meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes’.” (Mt 25,34-40)