Sermig

Regra do Sim


Atentos aos sinais dos tempos

A profecia com que o Senhor
nos presenteou
dará frutos hoje, amanhã e sempre
se formos fiéis, pobres, humildes, disponíveis,
se formos mulheres e homens de oração.
Seremos uma profecia
se nos deixarmos interpelar
pelos sinais dos tempos,
se estivermos atentos às exigências
de quem se aproxima,
se procurarmos colocar o outro
em primeiro lugar.
Mantemos sempre aberta
a porta dos nossos Arsenais
para comunicar esperança ao transeunte,
acolhê-lo, escutá-lo e dele cuidar.
Experimentamos sempre,
como se fosse a primeira vez,
o sentimento de sermos impelidos
a socorrer os outros
antes de pensar em nós mesmos.
Primeiro os outros e depois nós
é a chave para comunicar
não com palavras, mas com os fatos,
o amor em que cada um de nós é envolvido
e abrir os corações à esperança.

“Os fariseus e os saduceus vieram até ele e pediram-lhe, para pô-lo à prova, que lhes mostrasse um sinal vindo do céu. Mas Jesus lhes respondeu: ‘Ao entardecer dizeis: Vai fazer bom tempo, porque o céu está avermelhado; e de manhã: Hoje teremos tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. O aspecto do céu, sabeis interpretar, mas os sinais dos tempos, não sois capazes! Geração má e adúltera! Reclama um sinal e de sinal, nã lhe será dado, senão o sinal de Jonas’.” (Mt 16,1-4a)