Sermig

Regra do Sim


Formação permanente

Quem entra na Fraternidade
se prepara para dizer
um “sim total, sem condições”
a Deus, ao Seu amor,
para se tornar instrumento
da Sua vontade.
São necessários anos para preparar
esse sim definitivo
e vivê-lo incessantemente
com fidelidade e encantamento,
mas o que conta é que cada um
esteja consciente
de que entra em um caminho de formação,
pessoal e comunitário,
que durará a vida toda;
que cada um esteja consciente
de que só um desenvolvimento harmonioso
do corpo, do coração e da mente
poderá transformar-nos em instrumentos dóceis
nas mãos de Deus.
Os amigos da Fraternidade
têm um espaço privilegiado
para os seus encontros, a oração pessoal,
o estudo e a meditação da Palavra,
a oração litúrgica, a Eucaristia.
Buscam sempre o encontro
com mulheres e homens de Deus,
guias espirituais,
mestres provados pelo tempo,
pela vida e pelo silêncio,
capazes de reconhecer
a ação da Graça
e de sugerir-nos como colaborar com Ela.
Encontram-se constantemente
também com o “mundo da boa vontade”,
aquele mundo que frequentemente acredita não crer,
mas que no seu rigor de pensamento
sempre dialogou conosco,
e muitas vezes nos presenteou com lampejos de sabedoria
para discernir os sinais dos tempos.
Essa abertura
é condição indispensável
para que a rotina
não mate jamais o carisma e a vocação.

“Se vires um sensato, madruga para estar com ele, e que o teu pé desgaste as soleiras de sua porta.” (Eclo 6,36)