Sermig

#MêsdaBíblia 2014: 4ª Vigília de Leitura da Palavra

clique para ampliarNa noite do dia 5 para o dia 6 de setembro, o SERMIG - Fraternidade da Esperança promoverá a 4ª edição da VIGÍLIA DE LEITURA CONTÍNUA DA PALAVRA. Leitores de diferentes realidades, idades, pastorais, grupos e movimentos se alternarão na leitura da Palavra de Deus.

Nas edições anteriores, centenas de leitores leram os Evangelhos, os Atos dos Apóstolos, as Cartas e os livros do Pentateuco.

Neste ano continuaremos a leitura da Bíblia com os Livros Históricos, precedidos pela leitura de alguns trechos do Evangelho de Mateus, o Evangelho proposto para o Mês da Bíblia deste ano.

A Vigília é um tempo privilegiado de silêncio, de leitura e de escuta da Palavra, para redescobrir que somos habitados por Deus, que somos capazes de dialogar com Ele e que podemos levar essa Sua presença na vida cotidiana, no trabalho, na escola, na família e, principalmente, na solidariedade para com quem perdeu tudo isso.

clique para ampliarPROGRAMAÇÃO

19h: Acolhida
20h: Início da leitura da Palavra
6h30 (dia 6/9): Missa de encerramento.

SEJA UM DOS LEITORES, mande um e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. contendo:

- Nome de cada leitor
- Data de nascimento de cada leitor
- Horário aproximado em que cada leitor pretende ler (entre as 20h do dia 5/9 e as 6h do dia 6/9)

Logo entraremos em contato.

Venha participar! Dê sua voz à Palavra!
Divulgue para seus amigos e familiares!

SERMIG - Fraternidade da Esperança

Evento: 4ª VIGÍLIA DE LEITURA CONTÍNUA DA PALAVRA
Data: 5/9, a partir das 19h
Organização: SERMIG - Fraternidade da Esperança
Local: ARSENAL DA ESPERANÇA - Rua Dr. Almeida Lima 900 (Metrô Bresser-Mooca)

ACAMPAMENTO Maria Mãe dos Jovens

clique para ampliarHá um ano atrás, durante a Jornada Mundial da Juventude, o grande encontro com o Papa Francisco que aconteceu no Rio de Janeiro em 2013, um grupo de amigos do Arsenal da Esperança e da Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Ferroviários foi ao Rio com um objetivo: apresentar aos peregrino do mundo todo Maria Mãe dos Jovens, a invocação de Nossa Senhora nascida no seio do SERMIG - Fraternidade da Esperança.

clique para ampliarAgora, um ano depois, para recordar aqueles bons momentos e continuar aproximando os jovens de Maria, que é também mãe deles, o Arsenal da Esperança realizou nos dias 1, 2 e 3 de agosto o Acampamento Maria Mãe dos Jovens.

clique para ampliarOs participantes passaram o final de semana inteiro alternando momentos de aprendizado e de reflexão sobre um novo estilo de vida com momentos de oração e de silêncio. Além disso, no sábado à tarde fizeram uma marcha - A Marcha da Esperança - pelas ruas da região carregando o ícone de Maria Mãe dos Jovens, para confiar todos os jovens do mundo à sua proteção e para manifestar seu desejo de comunhão com os cristãos perseguidos no Iraque e no mundo todo. Ao final da marcha, participaram da Missa celebrada no Arsenal da Esperança por Dom Carlos Lema Garcia.

MARCHA DA ESPERANÇA

Sábado, 2 de agosto de 2014

Junto aos jovens que participarão do Acampamento para celebrar um ano da JMJ Rio 2013 (no Arsenal da Esperança,de 1 a 3 de agosto), o SERMIG - Fraternidade da Esperança convida todos a participar da 2ª edição da MARCHA DA ESPERANÇA, uma peregrinação com o ícone de MARIA MÃE DOS JOVENS, para confiar a ela todos os jovens do mundo, especialmente os da região da cidade que será visitada, e para reforçar a nossa unidade com os cristãos perseguidos no Iraque e no mundo todo.

A marcha, guiada pelos jovens, começará no Arsenal da Esperança (Rua Dr. Almeida Lima, 900, Mooca - São Paulo) e percorrerá as ruas do centro da cidade, passando pelas paróquias Nossa Senhora Aparecida dos Ferroviários, Bom Jesus do Brás, Nossa Senhora de Casaluce e San Gennaro. Depois voltará ao Arsenal, onde haverá a celebração da Missa.

Programação:
13h30: Concentração, no Arsenal da Esperança
14h: Início da Marcha
17h: Missa

Todos estão convidados a participar!
Qualquer dúvida, estamos à disposição!

SERMIG – Fraternidade da Esperança

Maria Mãe dos Jovens é a invocação cotidiana do SERMIG - Fraternidade da Esperança, escrita pelo fundador Ernesto Olivero, aprovada e assinada pelo Papa João Paulo II, pelo Papa Bento XVI e pelo Papa Francisco. Todo ano, no dia 2 de agosto - data da entrada da comunidade no antigo arsenal de guerra de Turim (Itália), que ocorreu em 2 de agosto de 1983 –é celebrada a Festa de Maria Mãe dos Jovens, com a permissão dos bispos locais, nas dioceses onde existem os Arsenais do SERMIG: Turim, São Paulo e Madaba, na Jordânia.

1 ANO DA JMJ - #1anoJMJRio

INSCRIÇÕES AQUI


Para celebrar um ano da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, o SERMIG - Fraternidade da Esperança convida você e seus amigos a participar do acampamento Maria Mãe dos Jovens.

“Levar o Evangelho é levar a força de Deus para extirpar e destruir o mal e a violência; para devastar e derrubar as barreiras do egoísmo, da intolerância e do ódio; para construir um mundo novo. Jesus Cristo conta com vocês! A Igreja conta com vocês! O papa conta com vocês! Que Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe, lhes acompanhe sempre com a sua ternura: ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’.”

Ler mais: 1 ANO DA JMJ - #1anoJMJRio

Silêncio e Adoração. O Arsenal nos treina a fazer do nosso coração um lugar de silêncio...

clique para ampliarHoje há uma dramática falta de hábito ao silêncio. Tentamos preencher o silêncio como se preenche um vazio. Essa é a causa principal de muitas vezes nos sentirmos quebrados em pedacinhos e de não conseguirmos enxergar muitas coisas.

Redescobrir o silêncio quer dizer reencontrar o espaço para olhar dentro de nós mesmos e para descobrir ou redescobrir a nossa pessoa.

Usamos como desculpa a falta de lugares silenciosos; mas estar em silêncio é principalmente uma dimensão interior, é recuperar aquele espaço interior em que é possível sentir-se em unidade consigo mesmo, fazendo a mente descer ao coração. O silêncio da oração não é físico, mas espiritual.

clique para ampliarSe somos fortemente habitados por Deus, renascendo no Espírito dia após dia, superamos as divisões interiores que nos marcaram, recuperando o coração ‒ou seja, a unidade ‒ da nossa vida. O caminho do silêncio é redescobrir que somos habitados por Deus mesmo tendo dentro de nós coisas boas e coisas ruins, luz e sombras. O caminho do silêncio começa com a nossa vontade de recuperar a nós mesmos e de recuperar a presença de Deus em nós.

Nesse caminho nós enfrentamos o nosso orgulho, que tenta nos fazer sentir autossuficientes em relação a Deus. O orgulho nos torna presunçosos, nos impede de nos abandonarmos a Deus e nos faz viver tentando levar Deus para onde queremos. Fazer silêncio é esvaziar-se da presunção de querer levar Deus para onde nós queremos e começar a ir para onde Ele quer. Orgulho e presunção são inimigos do silêncio. A verdadeira liberdade é sair do nosso eu.

Só na dimensão do silêncio, que é presença de Deus em nós, reencontramos a paz, recuperando a verdadeira vida que está em nós, e que é a vida do Espírito. Mas no silêncio reencontramos também a dimensão do mundo, porque estar no coração do mundo como Cristo não é gritar ou fazer, e sim recuperar uma presença que nos leva ao centro das coisas, lá onde Cristo está. O silêncio preenchido por Deus abre o nosso coração e nos torna acolhedores para com o outro, por meio do diálogo com Deus em nós. Está escrito no livro do profeta Oseias: “Pois, agora, eu é que vou seduzi-la, levando-a para o deserto e falando-lhe ao coração” (Os 2,16): na linguagem bíblica, o deserto é o lugar onde nos encontramos com Deus. Hoje existe uma evidente dificuldade em deixar-se ir à experiência do silêncio.

Ler mais: Silêncio e Adoração. O Arsenal nos treina a fazer do nosso coração um lugar de silêncio...

50 PONTOS DE PAZ, nós os incentivamos a continuar!

clique para ampliarQueridos amigos, nós do SERMIG - Fraternidade da Esperança agradecemos a todos que acreditaram e participaram da iniciativa 50 PONTOS DE PAZ. A ideia inicial era ter 50 PONTOS espalhados pela cidade de São Paulo. Felizmente, muitas pessoas disseram sim a essa missão… E chegamos a 160 PONTOS inscritos! Foram 109 na cidade de São Paulo, 31 no resto do Brasil e mais 20 espalhados pelo mundo.
Vejam no nosso site, no nosso blog e no nosso Facebook as fotos de alguns deles.



clique para ampliarGraças a muitos amigos de boa vontade que aceitaram agir concretamente para promover a paz, milhares de pessoas tiveram acesso, direta ou indiretamente, à mensagem “Prontos para reinventar a paz”.
Ficamos comovidos ao ver todas as atividades que foram realizadas!
Mas a paz não pode parar de ser construída! Precisamos seguir em frente! Continuamos recebendo informações alarmantes. O último “Mapa da Violência”, elaborado pela Flacso, diz que em 2012 aconteceram 56.337 homicídios no Brasil, mais do que em qualquer país em guerra. E há poucos dias o Estadão falou a respeito da difusão do crack até mesmo nas menores cidades.

Ler mais: 50 PONTOS DE PAZ, nós os incentivamos a continuar!

SERMIG 50 ANOS. Mas acabamos de começar...

clique para ampliarCaros amigos, 50 anos em um amém.50 anos de amizade com Deus. No começo, uma amizade inconsciente e jovem, mas já plenamente verdadeira. Enquanto nós crescíamos lentamente, a Sua mão, a mão de Deus, o Seu rosto se deixava entrever e depois ver face a face por meio do rosto dos primeiros amigos que se apaixonaram, belos, fiéis, puros. Depois, por meio do rosto de tantos outros amigos e, principalmente, por meio do rosto de milhares de pessoas sofredoras. Os sofrimentos nos atingiram e também atingiram o nosso entusiasmo, desde o começo. Mas aprendíamos debaixo dos golpes covardes que por trás de cada sofrimento havia um encontro com Deus, havia a misericórdia de Deus que nos queria crianças e maduros, frescos e lúcidos, sonhadores e realistas.

clique para ampliar50 anos de história com Deus.
A nossa tarefa agora é continuarmos fiéis e firmes como rochas, de uma fidelidade humilde a cada instante.
Só assim podemos cumprir o que Deus sonha: que quem nos veja viver possa encantar-se conosco, porque um punhado de mulheres e homens que se mantêm puros demonstra que Deus existe e é amor.
Só quando encontra fidelidade e pequenez é que Deus faz maravilhas.

Ler mais: SERMIG 50 ANOS. Mas acabamos de começar...

Aqui no Arsenal chega o João, o Mané, o Tonhão...

clique para ampliar

clique para ampliar

clique para ampliar


No dia 27 de maio, no Arsenal da Esperança, foram entregues os certificados dos Cursos de Capacitação Profissional a 32 acolhidos da casa (dos 57 que se formaram neste último trimestre). Mais uma vez parabenizamos e agradecemos a todos, de maneira especial os professores, a equipe de Serviço Social e os nossos parceiros: SENAI e GRSA que trabalham conosco para oferecer a muitos uma nova esperança!

Estes são os agradecimentos dos alunos da Professora Ana Rosa (foto), da Construção Civil:

Aqui no Arsenal chega o João, o Mané, o Tonhão, quase sem educação e procurando um teto e um pedaço de pão. Aqui então encontram combatentes cheios de compreensão, dedicação e um trabalho de primeira mão cheio de atenção que não descansa até verem este cidadão se tornar o Sr. João, o Sr. Manoel e o Sr. Antônio, dignos de uma profissão. Obrigado Jesus por este povo bom!

clique para ampliar clique para ampliar

Como nasceu a bandeira da “PACE”?

clique para ampliarNeste período, com o lançamento da iniciativa 50 PONTOS DE PAZ, a bandeira da paz do SERMIG - Fraternidade da Esperança foi mais uma vez um símbolo que uniu pessoas diferentes por um único ideal: o de construir a paz. Muitas pessoas, vendo pela primeira vez essa bandeira, perguntam: o que significa a palavra PACE? De onde vem essa bandeira? Eis uma breve resposta...

“[...] Eu a havia idealizado alguns anos antes a pedido de Ernesto. Eu já tinha me esforçado muito à procura de uma ideia que não fosse banal, e de repente tudo me pareceu muito simples. Bastava unir todas as bandeiras do mundo em um único abraço festivo e fazê-las sustentar, acariciar e proteger a palavra ‘PAZ’ [em italiano, PACE]. A escrita é em azul e em italiano, para recordar que ela nasceu na Itália, no arsenal de guerra de Turim transformado pelo SERMIG em Arsenal da Paz”.

clique para ampliarEssas são palavras de Piero Reinerio, publicitário do Studio Armando Testa, que criou, a pedido de Ernesto Olivero, a bandeira da paz que é usada até hoje pelo SERMIG - Fraternidade da Esperança.

A ideia surgiu quando se aproximava a virada do milênio. O SERMIG decidiu olhar para o ano 2000 como uma possibilidade verdadeira de mais justiça e mais solidariedade. Ernesto Olivero pediu ajuda à agência de publicidade Studio Armando Testa para criar uma bandeira que expressasse esse desejo. Piero Reinerio ainda diz: “Todas as bandeiras do mundo se unem para formar um único brasão que grita a paz. Mais do que isso, são as diferentes bandeiras que plasmam, que alimentam, que protegem essa escrita que nos fala de utopia, de paz realmente”.

Ler mais: Como nasceu a bandeira da “PACE”?

50 PONTOS DE PAZ espalhados pela cidade...

Arsenale della Speranza. 50 pontos de pazNo dia 24 de maio de 2014, o SERMIG (a comunidade que fundou e que habita o Arsenal da Esperança) completou 50 anos de existência. Os Arsenais da Itália, do Brasil e da Jordânia se prepararam por vários meses para comemorar essa data. Nós, aqui de São Paulo, decidimos festejar de uma forma especial: celebrando e envolvendo os outros!

Foi por isso que, no dia 17 de maio, lançamos a iniciativa 50 PONTOS DE PAZ! Estavam presentes Dom Milton Kenan (Bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, responsável pela região Brasilândia), Mauro Marsili (Cônsul-geral da Itália em São Paulo) e Ernesto Olivero (fundador do SERMIG - Fraternidade da Esperança).

Arsenale della Speranza. 50 pontos de pazA cada dia mais e mais notícias de violência chegam a nós. Por trás delas, se escondem todos os casos de violência não noticiados, mas que não são menos graves só porque acontecem no silêncio. Dentro de uma sociedade tão violenta, cada um de nós é refém, vítima e, infelizmente, também potencial agressor: prova disso são as histórias de justiça com as próprias mãos das quais ouvimos falar cada dia mais.

Desde o seu início, o SERMIG - Fraternidade da Esperança sentiu que responder na mesma moeda não era a solução. Muito pelo contrário: para interromper o ciclo da agressividade e das injustiças, era necessário dar a resposta oposta. Ao mal se responde com o bem, à violência se responde com a paz. Acreditamos na profecia de Isaías 2,4, que diz que chegará o dia em que as armas serão transformadas em instrumentos de trabalho. Tentar nos treinar a todo instante para responder sempre ao mal com o bem se tornou parte do nosso dia a dia.

Ler mais: 50 PONTOS DE PAZ espalhados pela cidade...

CONTA COMIGO 2014: “Eu me desarmo”

clique para ampliar"EU ME DESARMO". Foi a frase repetida pelos quase 330 jovens que participaram do Conta Comigo 2014 (17/05), ao se levantarem e depositarem aos pés da imagem do muro com a escrita “A bondade desarma” as armas feitas de papelão com as quais estavam brincando até minutos antes. Eles entenderam que aquilo não era uma simples brincadeira: o instinto da defesa e da guerra está dentro de nós, e precisamos estar muito bem treinados para não deixá-lo sair fazendo estragos por aí.

clique para ampliar
Mais do que isso:
precisamos largar as nossas armas para ter as mãos livres para trabalhar, precisamos transformar as armas que temos dentro de nós em força para transformar o mundo.

A profecia de Isaías 2,4b ‒ “De suas espadas eles fabricarão enxadas, e de suas lanças farão foices. Nenhuma nação pegará em armas contra outra, e ninguém mais vai se treinar para a guerra” ‒ não é uma utopia. É uma orientação de como devemos agir já, nas nossas vidas, todos os dias.

Ler mais: CONTA COMIGO 2014: “Eu me desarmo”

5º Encontro CONTA COMIGO - 17 de maio de 2014

As atividades, as reflexões e o tema da 5ª edição do Encontro CONTA COMIGO - “PRONTOS PARA REINVENTAR A PAZ” - servirão como “treinamento” para uma iniciativa de alcance ainda maior, chamada “50 PONTOS DE PAZ”, que acontecerá no dia 24 de maio de 2014.
Em um tempo em que a violência corre solta pelas ruas e em que o Brasil está precisando de uma pacificação dos corações, precisamos de mais pessoas e, sobretudo, de mais jovens, comprometidos para REINVENTAR A PAZ.


“REINVENTAR a maneira de resolver os conflitos sem violência, ódio e vingança; REINVENTAR uma forma de viver a solidariedade, para que todos possam viver dignamente, eliminando as injustiças e as discriminações; REINVENTAR meios para que as pessoas não engrossem o exército do crime e do tráfico; REINVENTAR um pacto com a consciência, que nos leve a ser estudantes bons, professores bons, religiosos bons, políticos bons, gestores bons, trabalhadores bons; REINVENTAR possibilidades e argumentos que convençam todos que as drogas são um mal e que podemos dizer um não definitivo a elas...” (Texto extraído da “Mensagem 50 PONTOS DE PAZ”)

Gostaríamos que você participasse desse Encontro, juntos aos jovens de muitos outros colégios e grupos PRONTOS PARA REINVENTAR A PAZ. Sabemos que muito daquilo que você faz já é um gesto de paz, e por isso mesmo contamos com a tua presença. Só podemos REINVENTAR A PAZ se estivermos unidos!

PÚBLICO-ALVO: Jovens de qualquer proveniência (escolas, paróquias, grupos de jovens, centros culturais...), a partir de 14 anos de idade.

08h30 - ACOLHIDA
Local: Rua Dr. Almeida Lima nº 900 - Mooca (Metrô Bresser Mooca).

09h30 - TRANSFORMANDO ARMAS EM INSTRUMENTOS DE PAZ
- Breve apresentação dos participantes;
- Intervenções com vídeos e depoimentos de acolhidos e voluntários do Arsenal;
- Divisão em grupos.

10h00 - UMA “PROFECIA” EM AÇÃO
Realização de atividades internas e externas ao Arsenal, para levar a paz no âmbito concreto da vida de todos.

12h00 - QUER A PAZ? SEJA UM PONTO!
Partilha final na qual serão mostradas as ações de todos e, sobretudo, será reforçada a ideia de que podemos construir a PAZ no local onde estivermos, pois a PAZ depende de nós, de você!

13h00 - ENCERRAMENTO e convite para participar da iniciativa 50 PONTOS DE PAZ.

50 PONTOS DE PAZ: seja um PONTO DE PAZ!

No dia 24 DE MAIO, o Arsenal da Esperança comemorará 50 ANOS DE SERMIG (a comunidade que fundou e habita o Arsenal da Esperança) e realizará a iniciativa “50 PONTOS DE PAZ”, convidando todos os amigos a ser um “PONTO DE PAZ”.

A celebração consiste em convidar todos os colaboradores, parceiros e novos amigos da associação a desenvolver uma ação, em qualquer ponto da cidade, do Estado e (por que não?) do mundo, que promova a paz, a justiça e a solidariedade.

Ao longo de todo o dia 24 DE MAIO centenas de voluntários de diferentes grupos, colégios, associações, estarão comprometidos com a “construção” desses 50 PONTOS DE PAZ, oferecendo caminhadas pela paz; campanhas de arrecadação de alimentos, roupas, medicamentos; apresentações teatrais; shows e saraus; momentos de oração e outros eventos que estimulem a cultura da paz.

Confira aqui o mapa com a localização e a programação dos PONTOS DE PAZ e organize você também o seu PONTO DE PAZ!

Agenda:

SÁBADO, 17 DE MAIO, 15h (no Arsenal da Esperança)

Lançamento da iniciativa 50 PONTOS DE PAZ com a presença do Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo e de Ernesto Olivero, Fundador do SERMIG - Fraternidade da Esperança. Esse momento será a oportunidade para falar dos 50 anos de SERMIG e para apresentar a mensagem de PAZ (folder) que será divulgada pela cidade.

Estarão presentes também os representantes dos 50 PONTOS DE PAZ. Os 50 amigos, prontos para tudo pela paz e pelo diálogo, receberão, pelas mãos de Dom Odilo e de Ernesto Olivero, a Bandeira da Paz e o logo da iniciativa que serão colocados em cada PONTO DE PAZ.

clique para ampliar



SÁBADO, 24 DE MAIO


Dia dos PONTOS DE PAZ: grupos de jovens, escolas, colégios, organismos pastorais, congregações religiosas, movimentos, paróquias, Igrejas cristãs, além de amigos, acolhidos, voluntários, colaboradores e parceiros do Arsenal da Esperança serão distribuídos em 50 (ou mais) PONTOS DE PAZ na cidade de São Paulo.


Queridos(as) amigos(as),

No ano em que comemoramos o nosso cinquentenário, gostaríamos de celebrar essa festa celebrando os outros e promovendo a paz.

Ao longo destes 50 anos, realizamos 2.900 projetos de desenvolvimento em 100 países do mundo, promovemos 77 ações de paz em muitos lugares do mundo onde a guerra e a miséria ofenderam o homem. Nos três Arsenais – da Itália, do Brasil e da Jordânia – oferecemos, entre outros serviços, 13 milhões de noites de hospitalidade e mais de 20 milhões de refeições. Não fizemos isso sozinhos, mas graças a Deus e à colaboração de todos aqueles – pessoas e instituições – que nos ajudaram.

Para celebrar essa história, no dia 24 DE MAIO realizaremos a iniciativa “50 PONTOS DE PAZ”. Em um tempo em que a violência corre solta pelas ruas e em que o Brasil está precisando de uma pacificação dos corações, precisamos de mais pessoas comprometidas a REINVENTAR A PAZ. Gostaríamos que a sua família ou o seu grupo participasse dessa iniciativa, promovendo uma ação de paz, justiça e solidariedade ou simplesmente distribuindo o panfleto – com o tema “PRONTOS PARA REINVENTAR A PAZ” – que será disponibilizado pelo Arsenal da Esperança.

Sabemos que muito daquilo que você(s) faz(em) já é um gesto de paz, e por isso mesmo contamos com a sua participação. Só podemos REINVENTAR A PAZ se estivermos unidos!

Aqui vocês encontrarão mais informações.

SERMIG – Fraternidade da Esperança

Evento: 50 PONTOS DE PAZ
Tema: PRONTOS PARA REINVENTAR A PAZ
Data: 24/05 (ou na semana de 19 a 23 de maio)
Organização: SERMIG - Fraternidade da Esperança / ARSENAL DA ESPERANÇA
Local: no seu prédio, no seu bairro, na sua comunidade, no seu colégio, na sua associação...
Contato: Tel/Fax: (11) 2292-0977 / Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

50 PONTOS DE PAZ. Eu apoio. E você?

clique para ampliarPor que 50? Porque em 2014 o SERMIG – a Fraternidade que fundou e que habita o Arsenal da Esperança – comemora os seus 50 anos de existência.
Por que PONTOS? Porque um ponto é uma coisa pequena, mas muitos pontos interligados podem formar uma coisa enorme.
Por que PAZ? Essa é a pergunta que queremos que você responda. Por que a paz é importante para você? Por que você quer estar pronto para construir a paz? Por que você quer participar dessa iniciativa? Cada resposta pode motivar mais pessoas a participar. Cada resposta pode já ajudar a construir a paz!


clique para ampliarQueridos amigos,
Enquanto o Arsenal de São Paulo se prepara para a iniciativa 50 PONTOS DE PAZ, o Arsenal de Turim se prepara para o 4° Encontro Mundial dos Jovens da Paz, que acontecerá no dia 4 de outubro em Nápoles. Lá, será finalmente lançada a Carta à Consciência, sobre a qual o Ernesto Olivero fala há muito tempo. O processo para escolher a cidade desse encontro foi longo. Quando fomos convidados a fazê-lo na cidade de Nápoles, durante o nosso tempo de discernimento, enquanto o Ernesto nos pedia insistentemente para rezarmos muito a fim de que conseguíssemos compreender a vontade de Deus, muitas pessoas manifestaram apreensão.


clique para ampliarOuvi dizer que, em Nápoles, para que alguma coisa dê certo, muitas vezes é preciso “molhar a mão” de alguém. Que lá os comerciantes vivem com medo, pois frequentemente aparecem pessoas cobrando-lhes dinheiro e, se eles se recusam a dar, coisas ruins podem acontecer a eles ou às suas famílias. Que a sua segurança e o seu grau de influência na comunidade dependem de quem você conhece. Que todo mundo sabe quem são as pessoas que fazem as coisas ruins acontecerem, mas mesmo assim elas continuam tendo o poder de fazer essas coisas acontecerem. Que é dificilíssimo saber quem é realmente bom, porque até entre aqueles que deveriam ser os principais exemplos da sociedade estão infiltrados os que contribuem para que o mal prevaleça. O pior de tudo: ouvi dizer que a maioria esmagadora do dinheiro que sustenta essa rede de maldade vem dos bolsos das pessoas que compram a droga.

Ler mais: 50 PONTOS DE PAZ. Eu apoio. E você?

CF 2014: O SAMARITANO conhecia a HOSPEDARIA...

clique para ampliarQuando se fala do tráfico humano que atinge os migrantes de nosso tempo, uma das primeiras imagens que nos vêm à mente é aquela dos milhares de africanos que, fugindo da miséria, ou de regimes sanguinários, arriscam-se em viagens organizadas por traficantes de mercadoria humana que não possuem nenhuma preocupação humanitária. O único valor que sabem reconhecer é aquele do dinheiro: se porventura alguém perde a vida, isso não é problema deles.




clique para ampliarAs imagens de verdadeiras carretas do mar, velhos pesqueiros que não teriam nem mais condições de navegar, abarrotados de homens, mulheres e crianças, são normais nos noticiários dos países europeus banhados pelo mar Mediterrâneo: cenário de uma verdadeira sucessão de massacres de pessoas inocentes, de vítimas da pobreza, do desespero e de um tráfico criminoso que não tem pena de ninguém. É impressionante quantas embarcações acabam chegando à costa italiana, porta de entrada da Europa.

Ler mais: CF 2014: O SAMARITANO conhecia a HOSPEDARIA...