Sermig

A música: oportunidade para sair das ruas...

clique para ampliar

Jornal da Gazeta faz cobertura da Folia de Reis no Arsenal da Esperança

O Brasil, formado por uma enorme mistura de povos e culturas, tem muito mais tradições em sua história do que podemos imaginar apenas passando os olhos pelos acinzentados e urbanos muros de São Paulo. Uma dessas tradições é a Folia de Reis, presente em todo o país, que representa a visita dos Reis Magos ao Menino Jesus e que é também uma grande devoção ao presépio e ao que ele significa.

No último dia 6 de janeiro, a "Folia de Reis de Todos os Santos de Osasco fez sua apresentação mais significativa: o encerramento de um ciclo de 7 anos. Significativo também foi o fato de essa apresentação ter acontecido justamente no Arsenal Da Esperança que, assim como o Brasil, também é formado por um encontro de muitos povos e muitas culturas. E viva o Menino Jesus!!!

Ano Mariano: a imagem peregrina de Aparecida visita a região do Bresser-Mooca

clique para ampliar

No próximo dia 12 de janeiro (quinta-feira)
, a região do Bresser-Mooca se prepara para receber a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida que, em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem no Rio Paraíba, está visitando as paróquias da Arquidiocese de São Paulo.
Nessa região, Nossa Senhora Aparecida não só é "de casa”, mas é venerada com o nome bem original de “dos Ferroviários”: uma devoção que, de fato, chegou “de trem”, depois de uma promessa feita à Virgem por parte dos próprios ferroviários na década de 1930.
Receber essa imagem será como acolher em casa um parente ou um amigo: haverá talvez um pouco mais de trabalho a fazer, mas quando a recebermos sentiremos com certeza alegria e esperança! Sim,Maria nos dá esperança e nos encoraja a dar esperança ao mundo!

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Ferroviários e o Arsenal da Esperança preparam-se para recebê-la com uma programação especial e itinerante que vai de 12 a 21 de janeiro.

Participe dos diferentes momentos de oração e de celebração. Confira:

clique para ampliar Dia 12, às 20h
Missa de Acolhida da imagem na Paróquia N.S. Aparecida 

Dia 13, às 19h30
Terço na R. Vieira Martins, 29

Dia 14, 14h30
Nossa Senhora nA Praça - R. Dr. Almeida Lima, 750

Dia 15, 15h
Terço na R. Guarapuava, 310

Dia 16, 19h30
Celebração na Comunidade - R. 21 de Abril, 573

Dia 17, 19h30
Encontro de Oração no Arsenal da Esperança - R. Dr. Almeida Lima, 900

Dia 18, 19h30
Terço dos Homens - R. Dr. Almeida Lima, 900

Dia 19, 19h30
Terço na R. João Caetano, 147

Dia 20, 19h
Celebração das Luzes e Procissão da Paróquia N.S. Aparecida até o Arsenal 

Dia 21, 17h
Missa de Encerramento no Arsenal da Esperança

Bom dia Dom Paulo Evaristo Arns...

Ernesto Olivero, fundador do SERMIG - Fraternidade da Esperança, em sua coluna diária, o “Buona Giornata”, fala hoje sobre Dom Paulo Evaristo Arns e expressa pesar por seu falecimento. Bom dia, é quinta-feira, ainda estou na Terra Santa ...

Esta quinta-feira é um dia de grande tristeza porque ontem faleceu o Cardeal Paulo Evaristo Arns. Por que para nós (do SERMIG) é muito importante este homem?

Foi ele que nos chamou ao Arsenal da Esperança, foi ele que, por meio de Dom Luciano, teve confiança em nós, foi ele que nunca perdeu uma oportunidade de visitar o Arsenal e trazer a sua contribuição de afeto, de oração, de credibilidade, foi ele que até muito recentemente, mesmo estando doente, nos enviou mensagens de esperança, mensagens de agradecimento (pelos 20 anos do Arsenal de Esperança).

Agora que está no céu, com Dom Luciano, há um outro amigo que se une a todos os amigos com quem temos um relacionamento, continuamos a ter um relacionamento, no céu. Bom dia Dom Paulo Evaristo Arns, te queremos bem e agradecemos a sua confiança, confiança que procuramos honrar, confiança que procuramos merecer, confiança que ainda procuraremos merecer. 

Madaba, Giordania, 15 de dezembro de 2016
Ernesto Olivero
Fundador do SERMIG – Fraternidade da Esperança



Morre aos 95 anos, Dom Paulo Evaristo Arns






















NOTA DE FALECIMENTO do Cardeal Paulo Evaristo Arns, Arcebispo emérito de São Paulo.
“Ex Spe in Spem” – De esperança em Esperança!


Comunico, com imenso pesar, que no dia 14 de dezembro de 2016 às 11h45, o Cardeal Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Emérito de São Paulo, entregou sua vida a Deus, depois de tê-la dedicado generosamente aos irmãos neste mundo.
Louvemos e agradeçamos ao “Altíssimo, onipotente e bom Senhor” pelos 95 anos de vida de Dom Paulo, seus 76 anos de consagração religiosa, 71 anos de sacerdócio ministerial, 50 de episcopado e 43 anos de cardinalato.

Glorifiquemos a Deus pelos dons concedidos a Dom Paulo, e que ele soube partilhar com os irmãos. Louvemos a Deus pelo testemunho de vida franciscana de Dom Paulo e pelo seu engajamento corajoso na defesa da dignidade humana e dos direitos inalienáveis de cada pessoa. Agradeçamos a Deus por seu exemplo de Pastor zeloso do povo de Deus e por sua atenção especial aos pequenos, pobres e aflitos. Dom Paulo, agora, se alegre no céu e obtenha o fruto da sua esperança junto de Deus!

Convido todos a elevarem preces de louvor e gratidão a Deus e de sufrágio em favor do falecido Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns. Convido também a participarem do velório e dos ritos fúnebres, que serão realizados na Catedral Metropolitana de São Paulo.
Na Festa de São João da Cruz,
São Paulo, 14/12/2016

Cardeal Odilo Pedro Scherer
Arcebispo metropolitano de São Paulo

NATAL NO ARSENAL!

Natal é amar, Natal é renascer, Natal é cada dia, Natal é Deus em meio a nós (Ernesto Olivero). 

Caros amigos, cada um de nós pode amar, pode renascer, pode permitir que Deus esteja em meio a nóstodos os dias... Mas isso só acontece, como já aconteceu tantas vezes, quando O deixamos agir, quando O deixamos realmente nascer e viver em nós. Somente assim as nossas palavras não serão apenas palavras e os nossos gestos serão de esperança e consolação verdadeiras. Desejamos a vocês um Natal e um ano-novo assim... (A Fraternidade da Esperança).

De 16 a 24
20h Novena de Natal

Sábado 24
20h Missa da noite de Natal 

Domingo 25
17h Missa do dia de Natal, presidida pelo arcebispo de São Paulo, Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer. Logo após, entrega de presentes para os acolhidos do Arsenal da Esperança. 

ESPERAMOS VOCÊ!!!

Campanha de Natal 2016

Ziza Fernandes conta como surgiu a ideia do musical "Arsenal - As armas de Paz"...

A cantora Ziza Fernandes e seus alunos contam a história do SERMIG e dos Arsenais... Em São Paulo, São José dos Campos e Rio de Janeiro. 

Ziza Fernandes já alguns anos coordena um projeto da Oficina Viva Produções, o CEV – que tem como objetivo oferecer formação humana e musical a cantores (ou não) em todo o Brasil. Todos os anos o curso finaliza com a produção de um musical, tendo a participação ativa e criativa dos alunos.


Como nasceu a ideia deste musical? 
Certo dia, Rafael, assessor de imprensa da Diocese de São Paulo, me disse: Eu preciso falar com você. Ele já tinha assistido alguns dos meus musicais e me disse: Dom Devair, vigário episcopal para a Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de São Paulo, acaba de voltar de Roma e gostaria de fazer um musical sobre a misericórdia. Ele me disse para falar com você... 

O Rafael me mostrou alguns vídeos que contam diferentes realidades sociais atuantes na Arquidiocese de São Paulo. Ele me apresentou sete vídeos, sendo que o sexto foi sobre o Arsenal da Esperança... Eu me lembro que quando o vi, exclamei: É isso! Eu quero saber mais sobre este lugar! Pedi a ele para não dizer nada à nossa roteirista, Maria Helena Alvim e à diretora musical Janaina Pavani. Ele mostrou os mesmos vídeos e quando chegou no sexto, elas também levantaram as mãos e disseram: Pare, é isso!

No início do ano fomos visitar o Arsenal da Esperança e depois começamos a estudar a história do SERMIG, lendo tudo o que podíamos de Ernesto Olivero e do seu grande amigo brasileiro, Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida. Então, em julho, eu estava na Itália, em Turim, e ai eu tive a oportunidade de visitar o Arsenal da Paz e de conhecer Ernesto pessoalmente. Para mim, foi uma experiência maravilhosa! Em Turim também conheci Maria, esposa de Ernesto, Rosanna, a primeira consagrada do SERMIG e muitos outros protagonistas daquela casa da misericórdia, como Mauro Tabasso e Marco Maccarelli, do Laboratório del Suono, que agora estão nos ajudando nos arranjos musicais do show.

Ler mais: Ziza Fernandes conta como surgiu a ideia do musical "Arsenal - As armas de Paz"...

Floresta que Cresce: o Ano da Misericórdia continua...

O Ano da Misericórdia está terminando, mas a ação misericordiosa nas nossas comunidades não pode terminar! O projeto “FLORESTA QUE CRESCE” vai ser um dos legados deste ano, para continuar a dar visibilidade ao bem realizado e encorajar todos aqueles que fazem da solidariedade a normalidade de sua vida.

Neste Ano da Misericórdia, tivemos a oportunidade de refletir sobre o amor misericordioso do Pai. Desta reflexão, partimos para a ação, porque “não existe misericórdia sem concretização” (Papa Francisco, 3.09.2016). Muitas foram as obras, corporais e espirituais, que concretizamos. 


A sua comunidade também realizou ações de misericórdia? Então não deixe de cadastrar essas ações no site www.florestaquecresce.org.br. Faça da sua comunidade uma pequena FLORESTA QUE CRESCE, sinal de esperança para motivar outras pessoas e outras comunidades a também serem FLORESTAS QUE CRESCEM.

Veja como fazer neste vídeo. Assista e divulgue!

Ler mais: Floresta que Cresce: o Ano da Misericórdia continua...

O Livro mais lido de todos os tempos... Posso ler também?

Uma menininha que segura a mão da mamãe leitora; adolescentes que por mais de meia hora param de mandar mensagens para escutar “somente” a Palavra; crianças que levantam a mão repetidamente para perguntar: “Posso ler também?”; versículos silenciosos proclamados em voz alta por algumas senhoras, bem no meio de uma feira de rua...

Por uma semana, de 17 a 24 de setembro, foram muitos os cenários da 6ª edição da Leitura Contínua da Palavra, a “corrente” de leitura bíblica nascida no Arsenal da Esperança no dia 21 de setembro de 2011 para acolher a cruz dos jovens em preparação para a JMJ Rio 2013.

Ler mais: O Livro mais lido de todos os tempos... Posso ler também?

Mês da Bíblia 2016: 6ª LEITURA CONTÍNUA DA PALAVRA

clique para ampliar Às 18h deste sábado (17/09), no Arsenal da Esperança, iniciaremos à 6ª edição da LEITURA CONTÍNUA DA PALAVRA.

A LEITURA será itinerante: durante o período de uma semana, levaremos a PALAVRA a mais de 30 pontos da cidade, entre paróquias, comunidades, escolas, academias, condomínios, livrarias... Até o seu encerramento, que acontecerá também no Arsenal da Esperança, no dia 24/09, sábado.

Centenas de jovens, acolhidos do Arsenal, padres, religiosos e integrantes de diferentes pastorais, grupos e movimentos se alternarão na leitura dos quatro EVANGELHOS.

Confira a PROGRAMAÇÃO da abertura,
divulgue o vídeo-convite e participe!

17h: Celebração da Missa
18h: Início da leitura da Palavra (Evangelho de Mateus)
23h: Término da leitura
Local: ARSENAL DA ESPERANÇA - Rua Dr. Almeida Lima, 900 (Metrô Bresser-Mooca)

Se quiser ser um dos LEITORES, mande um e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou entre em contato pelo telefone (11) 2292-0977.

Ler mais: Mês da Bíblia 2016: 6ª LEITURA CONTÍNUA DA PALAVRA

Mês da Bíblia 2016: Dê sua voz às palavras de misericórdia...

De 17 a 24 de setembro, o SERMIG - Fraternidade da Esperança promove a 6ª edição da VIGÍLIA DE LEITURA CONTÍNUA DA PALAVRA, uma “corrente” de leitura da Bíblia nascida em 2011 no Arsenal da Esperança para acolher a cruz e o ícone da JMJ Rio 2013.

Ler mais: Mês da Bíblia 2016: Dê sua voz às palavras de misericórdia...

Dom Luciano Mendes: graças a você...

Neste sábado, dia 27 de agosto, no Arsenal da Esperança, celebraremos a memória de Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, amigo de Deus, um presente de Deus para nós e para todos que o encontraram. 

Ler mais: Dom Luciano Mendes: graças a você...

Mini JMJ: Não fomos para a Polônia. Ela veio até nós...

“Demorei para postar algo, ou para dizer algo, porque estava tentando digerir tudo o que vivi nestes 3 dias... Mini JMJ? De mini não havia nada, exatamente nada, cada coisa era enorme, e o Amor era o MAIOR de tudo... Ficará guardado para sempre cada sorriso, cada olhar, cada acolhida, cada brincadeira, ficará guardado e eternizado exatamente TUDO!



Quando cheguei em casa
foi então que entendi exatamente tudo o que vivemos e o que eu aprendi, meus pais, minha irmã perguntando como foi e eu tentando explicar, e percebi que não conseguia, pois somente VIVENDO para entender. As palavras eram falhas, foi então que eu entendi que nestes três dias não usamos muitas palavras e sim ações!

Ler mais: Mini JMJ: Não fomos para a Polônia. Ela veio até nós...